} Gerente da Ford Canaã de Vilhena explica que revendedoras e Indústria de automóveis continuam normalmente | FM POSITIVA

Gerente da Ford Canaã de Vilhena explica que revendedoras e Indústria de automóveis continuam normalmente

Há uma semana, a Ford comunicou que vai fechar a fábrica de São Bernardo ao longo deste ano. Com 52 anos de operações, a unidade produz apenas caminhões e o modelo Fiesta, e opera com menos de 20% de sua capacidade produtiva. O grupo decidiu abandonar o mercado de caminhões, produzidos apenas no Brasil, e o Fiesta, lançado em 2013, vai sair de linha.

Mas isto não tem nada haver com a Fabricação dos outros modelos de veículos globais da Ford, e tampouco com as revendedoras. O gerente da Ford Canãa de Vilhena, Pedro Filho, que atende à Região Sul do Estado e Norte do Mato Grosso, disse:

Precisamos deixar claro aos nossos clientes que o fechamento da fábrica de São Paulo não afeta em nada o andamento da indústria da ford, não foi à fábrica de automóveis que fechou, somente  caminhões e um modelo de carro, a 15 anos a Ford já vinha analisando fechar essa fábrica, pois não traz resultados economicamente viáveis, não compensa para a Ford competir com indústrias de caminhões como Scania, Volvo ou Mercedes. A indústria de automóveis da Ford está produzindo normalmente e as revendedoras continuam trabalhando para continuar na liderança de vendas” finalizou.

A empresa vai concentrar a produção na fábrica de Camaçari, na Bahia, onde produz os modelos Ka e Eco Sport, os mais vendidos da marca. Também tem uma unidade de motores em Taubaté.

 

 

Adenilson Magalhaes

Assessor de Imprensa

 

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*