} Mulher de 35 anos acaba presa em Vilhena, após tentar vender, nas redes sociais, celular que havia sido roubado | FM POSITIVA

Mulher de 35 anos acaba presa em Vilhena, após tentar vender, nas redes sociais, celular que havia sido roubado

Na noite de ontem, a Polícia Militar prendeu, no bairro Cristo Rei, e conduziu até a Unisp de Vilhena, uma mulher de 35 anos, acusada de receptação. A prisão da mulher decorreu de uma situação inusitada: ela anunciou nas redes sociais, a venda de um aparelho celular que havia sido roubado.

Ao ver o equipamento sendo oferecido no Facebook, a dona do aparelho, uma menor de idade, e a mãe dela, acionaram a polícia. Quando os policiais chegaram ao endereço indicado na chamada, mãe e filha já estavam no local.

Após as vítimas fazerem o reconhecimento do celular, a mulher tentou argumentar que a filha dela (também adolescente) havia feito uma troca com um rapaz identificado apenas como “Juninho”. Mesmo assim, foi levada para a Unisp. A filha, acusada do mesmo crime, escapou da prisão por não estar no local no momento da ação policial.

Fonte: Foto ilustrativa
Autor: Da redação

Comentar

Seu endereço de email não será publicado.Campos marcados são obrigatórios *

*